quinta-feira, 30 de abril de 2009

Existem controvérsias

Hoje é quinta-feira véspera de feriado. Estou cansada. Sinto que na segunda-feira (01/05) nesse mesmo horário estarei me sentido pior....
*
Ontem voltando para casa me dei conta que na próxima semana meu caminho vai mudar. Eu detesto ter que me adaptar.
*
Palavras de ordem: mudar, tranformar, substituir, variar, inovar (e renovar), modificar.
*
Questionamento do dia: pra quê complicar se já está complicado?
*
Eu estou suscetível. Não gosto disso.
*
Essa noite eu tive um sonho boooom.
*
E no STF está encerrada a sessão plenária. Com 7 votos a favor, é revogada a Lei de Imprensa. Viva o Fórum Liberdade de Imprensa.
*
Em tempo...Sinto muito pela matéria, Ka.
*
Dos enganos que só acontecem na revista:
- Revista Imprensa.
- Alô, eu queria saber quando volta a Olimpíada do Faustão.
- Não sei lhe informar, Sr.
- Não sabe?
- Não. Aqui não é do Faustão.
- Você tem o telefone dele?
- Tenho sim, Sr.. Da casa dele. Anote.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Manias e coisas de casal

Domingo.
Um casal está no curso de noivos da igreja.
Os noivos estão lá, atenciosos, prestando atenção na palestra, interessados.
A noiva tem uma mania: adora mexer em orelha. Sentada quietinha, ela mexe na orelha do noivo. Ele fica tentando evitar, mas não tem jeito.
- Para de mexer na minha orelha!
- Pq?
- Pq sim.

A noiva continua.

- Pq eu não gosto, droga!

Noiva espantada, surpresa e indignada:
- Como assim não gosta???? Você vai casar comigo e só agora diz que não gosta disso????

Ainda bem que eles ainda estavam no curso de noivos.

**********************
Em tempo...
Os noivos acima se casaram. Ela continua mexendo na orelha dele. E só entre nós....tenho pra mim que ele adora.

terça-feira, 28 de abril de 2009

A menina que roubava livros

Tive vontade de dizer muitas coisas a roubadora de livros, sobre a beleza e a brutalidade. Mas que poderia dizer-lhe sobre essas coisas que ela já não soubesse? Tive vontade de lhe explicar que constantemente superestimo e subestimo a raça humana - que raras vezes simplesmente a estimo. Tive vontade de lhe perguntar como uma mesma coisa podia ser tão medonha e tão gloriosa, e ter palavras e histórias tão amaldiçoadas e tão brilhantes.
Nenhuma dessas coisas, porém, saiu de minha boca.
Tudo o que pude fazer foi virar-me para Liesel Meminger e lhe dizer a única verdade que realmente sei. Eu a disse à menina que roubava livros e a digo a você agora:

"Os seres humanos me assombram".

segunda-feira, 27 de abril de 2009

para que beleza?

beleza para refletir no espelho
para contagiar
agir e transformar...
em todos os lugares,
em todos os olhares,
por onde você passar.
beleza para ter leveza,
para a vida inteira.
Para acreditar!

Dois queridos amigos me presentearam com um produto O Boticário e na sacola veio esses dizeres. Achei sensacional. Adoro algumas propagandas, entre elas estão as do O Boticário, Natura, Marisa, etc. Elas fazem um apelo diferente, conquistam o consumidor. Se bem que eu nunca comprei nada nas lojas Marisa......

domingo, 26 de abril de 2009

Ano novo, vida nova

Pois é, 26 de abril de 2009, 28 anos, pós graduada, casada. Começou meu ano novo, acabou meu inferno astral, avisto novas mudanças. É tempo de transformação. Na minha vida tudo acontece assim, fico 2, 3 anos numa calmaria e de repente as ondas voltam a se revirar. Dizem que tranformações acontecem a cada 7 anos na vida, sei lá, mas já ouvi falar de uma conta louca que soma esses 7 anos, mas que não significam 7 anos corridos, entende? Esquece, nem eu. O fato é que me encontro nesse momento de transformação.
Nesse momento fico pensando nessa idade: 28 anos. Eu tenho 28 anos de idade!!!! :-o Isso significa quase 30! Eu estou praticamente saindo da casa dos 20. Estou pesando 56 kilos!!! (Eu que na época da faculdade pesava 42 kilos, almejava desesperadamente engordar um pouquinho, hoje penso em emagrecer. A vida é muito louca mesmo! Ou eu sou!?).
E então passa aquele filminho na cabeça de tudo o que já foi vivido, conquistado, os sonhos, o que se tornou realidade. Toda vez que estou para completar mais um ano de vida, fico fazendo lista do que já tenho e do que ainda falta (nada com relação material, é mais intrínseco).
Acho que será um bom ano. Talvez um pouco árduo. Mas será um ano de mudanças. E toda mudança tem seu lado bom. O importante é viver.

sábado, 25 de abril de 2009

sexta-feira, 24 de abril de 2009

O tempo não para...

Pessoas,
O "tempo não para" é título do post de hoje, no blog Assim como você , de Jairo Marques. É uma incrível história de força, persistência, de quedas e erguidas. Uma grande lição de vida.
Muitas vezes reclamamos de coisas pequenas, tem dias que acordamos enfezados, praguejando e sem motivo nenhum. Sempre temos duas escolhas. Podemos ficar de bem com a vida ou ao contrário. A vida não é fácil, mas imagine que pode ser bem pior para outrem. O essencial é fazer valer a pena, é viver cada minuto como se fosse o último. E quando achar que deve reclamar de algo, pare, olhe para os lados, pense, respire fundo e... agradeça. A vida é breve. Viva bem!

quarta-feira, 22 de abril de 2009

À procura da felicidade

"Essa parte da minha vida, essa pequena parte chama-se felicidade".

Um brinde à modernidade

Devo confessar que eu tinha aversão a computador. E é por isso que eu não tinha feito o blog antes. Esse lance de internet, baixar música, filmes, programas diversos, tudo isso me assustava muito. Muita modernidade para minha cabeça, que sempre foi muito retro, para não dizer antiquada. Fico imaginando o que está por vir. Como será a vida dos meus filhos?!
Eu sei que estou adorando esse mundo novo, uma grande descoberta pra mim. E olha que eu só aprendi o básico, isto é, o que todo mundo já sabe.
Outra novidade é que estou dirigindoooo! Genteeee, é muito bom isso. Começou numa brincadeira, no sábado passado e.....que delícia! Eu já tinha dirigido antes, claro. Mas eu sempre fico com medo. Agora não, a coragem tomou conta do meu corpo, tá me possuindo. Eu sei que já dirigi no domingo, ontem e vou continuar dirigindo até pegar prática pra valer. E não pense que dirigi no bairro aonde eu moro, não. Eu peguei avenidas, peguei a 23!!!!!
Como disseram, eu evolui em uma semana: blog, programas da internet, volante. Como pude viver sem isso? De que mundo eu sou???? Liberdade! Independência! Coragem! Tudo isso combina com 28 anos. Um brinde.

terça-feira, 21 de abril de 2009

Vamos combinar, feriado é bom demais!!!

Mais um motivo para abril ser o melhor mês do ano. São três feriados seguidos: Sexta-feira Santa, Tiradentes e Dia do trabalhador, que apesar de ser em 1º de maio, é seguido de abril.

Hoje quero curtir esse dia cinza fazendo o que eu mais gosto de fazer: NADA.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Aniversário

Toda vez que o mês de abril chega, anuncia logo de cara que vou comemorar mais um ano de vida. Este ano algo está diferente. Abril começou e só agora, após 15 dias comentei sobre o meu aniversário, mas nada sobre uma possível comemoração. Logo eu que adoro comemorar qualquer coisa que seja. Adoro brindar. E não precisa ter um motivo ou uma conquista, me basta comemorar o motivo de tudo: a vida.

Não sei por que algo está diferente, talvez seja por que outras coisas aconteceram e se tornaram protagonistas, logo, mais importantes que o meu aniversário. Acho que é isso, com o passar do tempo, nosso aniversário deixa de ser tão importante diante de outros compromissos.

Agora a uma semana da data, sei que uma coisa não mudou. É aquela sensação que antecede a festa. Uma sensação que não sei descrever. Pensamentos sobre a vida, a morte, o nascimento, conquistas, amizades, família, valores, fervilham minha cabeça. Acho que nessa época sofro o que é chamado de crise existencial. Eu fico mais contida, reservada, o que normalmente não acontece.

Espero que nada tenha mudado com relação ao dia em si. Aquele clima de festa, música, sorrisos, sol, abraços e brindes.

domingo, 19 de abril de 2009

A Partilha

Eu estou passando por uma transformação dentro de mim. Nos últimos tempos estou muito família e percebo que me sinto até carente. Tenho sentido mais saudades do meu pai que mora em outra cidade, saudades do tempo em que morava com a minha mãe. Alguns acontecimentos mudam para sempre nosso destino, um deles foi ter saído da casa da minha mãe. Sofri tudo o que tinha que sofrer quando mudei. Mas agora parece que voltou uma pontinha de não sei o quê. Uma pontinha de saudade de voltar ao tempo que não volta mais. É tudo tão maravilhoso quando se é criança, não precisamos nos preocupar com nada, tem alguém que se preocupa por nós.
Essa saudade toda deve-se ao que está acontecendo com a casa. A casa da vovó. A casa onde passamos vários natais, almoços, festas juninas, fogueira...a casa da minha infância (e de toda a família). Hoje foi estranho entrar lá e não ver a casa como sempre foi, com os enfeites da minha avó no lugar certo, com os móveis... sem meus avós. Embora tenha sido triste, gostei de guardar os pertences deles e descobrir e conhecer um pouco mais de cada um. Descobrimos uma latinha da minha avó cheia de botões; do meu avô descobrimos outra cheia de moedas antigas. Encontramos fotos antigas, grandes recordações. Outro achado, foram as fitas com gravações de conversas entre alguns parentes. Nelas continham a voz do meu avô. E eu pensei que nunca mais escutaria a sua voz.
Nesse clima de mudança, cada um quer a sua lembrança. Eu fiquei com algumas. Entre elas estão um vaso; uma foto minha (de quando eu tinha 5 mses) com dedicatória para meus avós; um ferro antigo desses de carvão; dois quandros com fotos minhas que ficavam expostos na sala junto com os de outros primos; e algumas outras preciosidades. O maior tesouro foi ficar com a moringa que ficava no criado mudo da vovó. Eu sempre achei lindo e de uma delicadeza sem tamanho ver aquela peça ao lado da cama da minha avó. Algumas vezes eu tomava água dela, por que acreditava ser uma água especial. E pensava que um dia eu teria algo igual. Mas nunca imaginei que seria a dela.
E descobrimos também o significado do valor sentimental das coisas. Eu juro que não sou materialista, mas me apego demais a determinados objetos, são os que eu chamo de meu tesouro e guardo com todo o meu carinho. Quando eu não puder mais cuidar, espero ter alguém que queira cuidar das minhas coisas com o mesmo zelo.
De tudo, acho que o maior tesouro são as lembranças. Essas ninguém pode tirar de nós, talvez só o tempo.

sábado, 18 de abril de 2009

ABRIL

Se tem um mês que eu gosto muito, é ABRIL!

"As cores de abril
Os ares de anil
O mundo se abriu em flor
E pássaros mil
Nas flores de abril
Voando e fazendo amor
O canto gentil
De quem bem te viu
Num pranto desolador
Não chora, me ouviu
Que as cores de abril
Não querem saber de dor
Olha quanta beleza
Tudo é pura visão
E a natureza transforma a vida em canção
Sou eu, o poeta, quem diz
Vai e canta, meu irmão
Ser feliz é viver morto de paixão"

Vinicius de Moraes

sexta-feira, 17 de abril de 2009

TARADÃO


Ligação

- Revista Imprensa, boa tarde!
- Alô, é da Record?
- Não é da revista Imprensa.
- Ah, não é da Record?
- Não, não é.
- Desculpe. É que eu pensei que fosse. Então foi engano.

Ainda bem que hoje é sexta-feira.

Estive pensando...

NO FIM TUDO DÁ CERTO.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Sonho

Outro dia sonhei com a minha avó paterna. Ela é uma velhinha linda, carismática, alegre e muito simpática. Adora dançar. Ela acha bonita todas as pessoas que conhece e nunca se lembra do nome delas. No sonho estávamos num cômodo da casa dela. Engraçado que esse cômodo estava conservado do mesmo jeito como era na minha infância. Ela abria uma gaveta, pegava um saquinho preto e sentava-se ao meu lado. Ela me entregava o que tinha dentro do saquinho. Eram pequenas pedrinhas de diamantes. Não houve conversa, só olhares. E pelo olhar da minha avó, entendi que era para eu guardá-las comigo.

A família do meu pai sempre foi grande, marcada por almoços dominicais, natais e festas juninas. Chegou o tempo em que os netos cresceram e houve um distanciamento. Depois veio a morte do meu avô e a impressão que eu tenho é que a distância ficou maior entre todos. Por muito tempo eu fiquei pensando que o elo da família sempre foram meus avós. Sem eles parece que algo se quebrou. Hoje ainda acho isso. Eles foram a ligação, a união de todos.

Se a minha avó entendesse ou ao menos lembrasse meu nome, eu diria que ela e meu avô foram os diamantes da minha vida. E para ela entende melhor, eu explicaria: "Vovó, você é um diamante. Diamante é uma pedrinha preciosa. Precioso é algo de muito valor. Valor é uma qualidade que faz alguém estimável. Estimável é alguém importante para nós".

Eu não disse isso no sonho. E acho que não vou dizer na vida real.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

SENSACIONAL

Eu adorooooo a mini petiz Maisa!!!! Ela é SENSACIONAL!

video

terça-feira, 14 de abril de 2009

Coisas que acontecem só no metrô

Você vê cada coisa no metrô.
Todo dia de manhã é a mesma coisa: vagão cheio, alguns passageiros sentados, outros não. Alguns de cara feia, outros não. Alguns dormem (e vamos combinar que é uma delícia tirar aquele cochilo no metrô), outros não. E alguns incomodam demais escutando música no último volume, segurando na mão, de modo que todos vejam, o seu celular de última geração. Hoje no meu trajeto inteiro um cara sem noção escutava Rap. Não só ele. Todos os passageiros do vagão foram obrigados a ouvir também. Os passageiros se entreolhavam e deviam pensar "que completo idiota". Foi o que eu pensei.
Geeeente, ninguém é obrigado ouvir qualquer estilo de música às 08h30 no metrô. Acho que não é mais novidade, mas alguém nesse mundo teve a brilhante idéia de inventar o fone de ouvido. Um simples aparelho, não muito caro, com o qual você pode ouvir suas músicas tranquilamente, sem ser inconveniente e principalmente, sem incomodar os ouvidos alheios. Ah, e esse aparelho deve aompanhar qualquer celular de última geração. Ande com o seu.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

São Paulo x Corinthians

Nunca fui muito ligada nesse lance de futebol. Sou corinthiana por que minha mãe é, meu pai é (ou era), praticamente minha família toda é. Mesmo não sendo tão ligada assim, sei que sou corinthiana de coração. Prova disso foi o corinthians na segunda divisão. Continuei dizendo que era corinthiana, mesmo não sabendo o nome de todos os jogadores. Se eu não fosse mesmo, teria mudado de time, seria São-Paulina, também por influências.

Ganhar do São Paulo tem um gostinho diferente. Esse time, junto com seus torcedores, se gabam demais. Sim, eles são os melhores do mundo, não posso dizer o contrário. Sim, eles tem (ou tinham?) o melhor goleiro do mundo. Mas agora ficou uma dúvida e uma certeza: com o Rogério Ceni machucado e com previsão de ficar 4 meses parado, como vai ficar o time? Com certeza, essa contorção veio numa boa ocasião na vida do goleiro: no momento em que a estrela dele não está brilhando.

Torcedores: nada pessoal.

As pessoas me surpreendem

É imprescionante como muitas vezes as pessoas não são o que elas aparentam ser. O ser humano realmente é um bicho estranho. Ele se esconde sob falsas aparências, aparenta ser o que não é. É certo que somos um pouco diferentes em cada área da vida, seja ela profissional ou pessoal. Mas até que ponto temos que criar outra identidade? A essência não deveria ser a mesma? Me assusta pensar que convivo com pessoas que não são o que aparentam ser. Ao mesmo tempo, me assusta pensar na minha falta de crença no ser humano, na minha desconfiança. Mas não posso esconder, me incomoda a sensação de viver cercada por camuflagem.

domingo, 12 de abril de 2009

Tamanho 38

Domingo de Páscoa. Resultado: 7 ovos de chocolate.
Depois ainda quero que minhas calças jeans nº 36 entrem no meu corpo.

Uma pacífica melodia

É nosso direito divino ser amados, amados, amados, amados, amados.

video

sábado, 11 de abril de 2009

Família

É inevitável. Um dia a família com a qual você viveu alguns dos melhores anos de sua vida se fragmenta. É chegado o momento de você construir a sua.

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Encontro

Cena 1: No shopping, um casal decide jantar no restaurante Jin Jin. Ao se servir, ela pega um pouco do arroz colorido (daquele que vem muita cebolinha). Quando está comendo, de repente, ela se sente incomodada com um daqueles pedacinhos de cebolinha, preso em seu aparelho. Ela começa gesticular com a boca fechada. Muito incomodada, ela faz uma tentativa em vão e nada discreta de tirar com o dedo o tal resquício de seu aparelho.
O rapaz, romântico, diz: Sempre que jantamos juntos imagino que é nosso primeiro encontro.

Bienvenido

Após 7 meses de indecisão (escrever ou não um blog), tomei coragem graças a minha audaciosa amiga Nina. Obrigada pela força, amiga! rs
É preciso ter coragem para fazer um.

O endereço não podia ser menos original "estive pensando em". Eu penso demais, em todos os sentidos amplos da palavra. Vejamos o dicionário Michaelis diz sobre os significados:

Pensar:
1. Combinar ideias, formar pensamentos. Ex. (por Gabis Miranda): Pensei que podíamos fazer assim...
2. Meditar, refletir em. Ex. (por Gabis Miranda): Estive pensando em como algumas coisas são estranhas...
3. Ser de tal ou qual parecer.
4. Ter na mente; lembrar-se. Ex. (por Gabis Miranda): Estive pensando naquele dia que fomos...
5. Julgar, supor. Ex. (por Gabis Miranda): Vamos supor que seja desse jeito...por que EU faria diferente.
6. Raciocinar. Convém pensar antes de falar. Ex. (por Gabis Miranda): Eu penso demais e acabo falando a coisa errada.
7. Fazer tensão. Ex. (por Gabis Miranda): Eu fico pensando e não quero fazer exame de sangue (é, eu morro de medo de agulha).
8. Delinear mentalmente, meditar, planejar. Ex. (por Gabis Miranda): Tudo na minha vida é planejado, menos a roupa que vou colocar no dia seguinte.
9. Estar preocupado, ter cuidado. Pensar na morte da bezerra: estar alheado, distraído, pensativo; meditar tristemente. Ex. (por Gabis Miranda): Quando criança, minha mãe era chamada na escola para escutar dos professores que eu vivia no mundo da lua; geralmente quando estou muito pensativa pareço triste. E muitas vezes ouvi da minha mãe "pare de pensar na morte da bezerra".

É isso aí. Sejam bem vindos ao mundo dos devaneios de Gabiroba.